HISTÓRIAS DE ALPENDRE

A Dama de Negro


Era uma vez, um jovem casal feliz. Moravam juntos há algum tempo, tinham um pequeno filho de um ano e meio de idade. O casal mudou-se para um sitiozinho com muitas árvores frutíferas, realizando o maior sonho da família.

Depois de brincar com o bebê, numa tarde de final de semana, o casal acabou adormecendo. O bebê acordou e sem que ninguém percebesse, saiu andando pela casa, e foi até o poço que havia no terreiro. Após acordar, o casal deu por falta do menino e começaram a procurar pela casa toda, e infelizmente acharam a criança dentro do poço, após resgatar a criança ela já estava sem vida, o casal ficou transtornado com o fato.

Eles acabaram indo embora dali, pois não conseguiam mais viver em paz naquele sítio. No dia em que a mudança foi toda retirada, a pobre mãe, que havia perdido seu filho de forma tão cruel, ficou sozinha na casa como fosse dizer o último adeus.

Já era noite, quando no alto de seu desespero ela falou que faria qualquer coisa para ter seu filho de volta. Ela acabou dormindo no chão da sala vazia, mas foi acordada por uma voz sombria que falava com ela. Assustada, ela se levantou do chão e viu uma mulher vestida com um vestido negro longo, cabelos compridos pretos, uma luz azul em suas mãos, ela tinha a pele tão pálida dando a sensação de fria.

A mulher falou: - “Posso trazer sua criança de volta, em troca de um favor. Você terá que matar uma criança da mesma idade do seu filho e oferece-la para a mim , a Dama de Negro.”

Ao ver que nunca iria ver seu filho, e em desespero, cedeu e aceitou a condição daquela mulher, matando uma criança de um ano e meio inocente. Na esperança de quê, com o trato aquela sombria mulher trouxesse seu bebê de volta.
A Dama de Negro devolveu o bebê vivo para os braços da mãe. O único inconveniente é que o bebê foi devolvido no mesmo estado em que se encontrava depois de todo o tempo enterrado. Em estado de decomposição o bebê se transforma em algo sobrenatural, era uma massa deformada em carne viva, simplesmente horrível.

A mãe da criança ficou louca com o remoço de ter matado uma criança e ver seu amado filho, aquela criança tão sorridente, feliz, naquele estado deplorável. A criança zumbi desapareceu.

Dizem que aquela criança acompanha a Dama de Negro em noites frias do sertão, atrás da sua próxima vítima desesperada.

Reza a lenda que a Dama de Negro pode ser invocada em determinados locais. Aquele que a invoca ganha o direito a um desejo em troca de um favor, embora esses desejos nunca saiam como a pessoa espera. Por isso, tome cuidado com o que desejas...

Fonte: João Araújo, para OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas