HISTÓRIAS DE ALPENDRE

Relatos de Aparição de Lobisomem no Seridó


A década de 70 ficou marcada pela enorme quantidade de relatos de aparições em toda região do Seridó.

Abaixo, relatos mais conhecidos.

Acari / RN

Diversos relatos sobre a aparição de um lobisomem na cidade de Acari apavoraram os moradores da região. Duas garotas que conversavam em frente de suas casas, por volta das 23 horas da noite, ouviram sons estranhos e quando olharam para a direção do barulho avistaram uma criatura estranha.

Elas imediatamente correram para o interior de uma das casas, os cachorros não paravam de latir e com as portas trancadas não viram mais nada. O bicho foi descrito como um cachorro bem grande, que possuía a cara preta e estava no meio do mato onde puderam ver seu corpo por inteiro.

Currais Novos / RN

Estranhas aparições de uma criatura, que os moradores atribuíram ser um lobisomem, assustou os moradores de sítios e fazendas de Currais Novos. Muitas histórias foram contadas, dizem que a suposta criatura é coberta de pelos, anda sobre as pernas traseiras e tem uma agilidade fora do comum.

Até a polícia militar foi notificada sobre a aparição da criatura e efetuou diligências para tentar capturar o bicho.

Cruzeta / RN

Segundo moradores de uma fazenda do município de Cruzeta, um lobisomem roubou e se alimentou de várias ovelhas e bodes. O fato foi atribuído a esta criatura sobrenatural após uma mulher ter avistado um individuo meio homem e meio lobo.

Um garoto de 12 anos também disse ter avistado uma figura semelhante perto de sua casa. Ambos os relatos indicam que a criatura cheira muito mal, além de ter uma aparência grotesca.

Carnaúba dos Dantas / RN

Carnaúba dos Dantas teve muitos relatos de avista mentos de lobisomens. Um dos relatos mais curiosos conta que dois policiais foram chamados para atender uma ocorrência de briga entre um casal. Quando chegaram até o local olharam pela janela da casa e viram o homem se transformando em lobisomem. O fato foi registrando em um boletim de ocorrência, porém este acabou sumindo da delegacia e os policiais envolvidos foram proibidos de tocaram no assunto.

Em outra situação um homem passou a noite amarrado, pois os moradores desconfiavam que ele fosse um lobisomem, porém a transformação acabou não ocorrendo.

Caicó / RN

História sobre uma mulher lobisomem vem sendo contadas pela população mais antiga de Caicó a tempos. Segundo um dos relatos uma senhora, proprietária de um sitio da região, teria tido vários porcos atacados pela criatura. Os animais foram mortos com arranhões e teve seus pescoços mutilados.

As histórias dizem que viram uma mulher desgrenhada, andando sem rumo pela caatinga, com os seus cabelos despenteados e toda arranhada, mas ninguém conhecia tal mulher na região, que se brenha de mata adentro, daí a noite ocorria os ataques a cachorros e animais de criação, daí a suspeita dela ser a criatura. Lembrando que naquela época a mata era bem fechada.

Dezenas de relatos reforçam o mito, e mudaram os costumes dos moradores: as crianças não brincavam a noite do lado de fora das casas, portas e janelas fechadas logo cedo, senhoras deixaram de ir à igreja e terços em sítios vizinhos durante a noite e até mesmo os bares ficavam vazios.

Florânia / RN

Um caso intrigante ganhou repercussão pelas ruas da cidade de Florânia. A aparição de um suposto lobisomem nas imediações do Cemitério Municipal dividiu opiniões, provocou medo em alguns e dúvidas em outros. O episódio entrou para a lista dos assuntos mais discutidos pela população.

Segundo relatos de moradores uma criatura parecida com um homem teria percorrido velozmente um grande trecho com os cotovelos e joelhos no chão.

Segundo religiosos o caso teria indícios de um típico caso de possessão demoníaca.
A repercussão do ocorrido foi motivo de medo em muita gente. “Vou passar a dormir com minha janela fechada”, disse uma jovem.

Serra Negra do Norte / RN

Durante a década de 70 os moradores da zona rural da cidade de Serra Negra do Norte, tiveram suas rotinas afetadas: Crianças praticamente não saiam de casa durante a noite, os adultos trancavam as portas depois das 18 horas e os que arriscavam quebrar esse comportamento tinham receio de serem atacados por um suposto lobisomem que estaria rondando as casas.

Segundo a população um bicho como este teria atormentando a região bastante tempo, o animal estaria uivando e atacando animais durante a noite. Foram vários os relatos de pessoas que viram o monstro ou que tomaram conhecimento de sua presença.

Jucurutu / RN

Um dos relatos que mais aumentou o pavor na área rural do município de Jucurutu, na época, ocorreu depois do ataque ocorrido em um sítio onde a agricultora Maria do Carmo, de 57 anos, garantiu ter visto o “lobisomem” comendo os cachorros de sua casa.

- Eu estava deitada para dormir quando escutei algo, quando me levantei e fui até a cozinha, vi uma coisa estranha pela brecha da porta. Fui espiar, como era noite de lua deu para ver um bicho grande, todo peludo, com orelhas grandes e todo preto. Ele estava comendo um dos meus cachorros. - conta a agricultora.

Ela estava sozinha e chorou muito de medo, no outro dia encontrou os seus três cachorros mortos.
- Os pedaços deles estavam espalhados pelo terreiro. Eu nunca na minha vida vi um cachorro ser morto daquele jeito. Eu só consegui encontrar três pernas e uma cabeça dos cachorros. O resto ele deve ter engolido. Lembrou-a apavorada.

São José do Seridó / RN

Um caçador da cidade que pediu para não ser identificado, disse que chegou a atirar no pescoço do “lobisomem”.

- Primeiro eu vi uma coisa muito estranha na mata próximo ao açude onde eu costumava caçar, era como se fosse ele (o lobisomem) se transformando, dei um tiro para cima para assustar ele. No outro dia, eu estava no alpendre da minha casa no sítio, era mais ou menos 20 horas quando ele me viu e veio me atacar. Ele tinha dentes grandes e garras afiadas, deu medo, mas eu atirei no pescoço dele e depois ele saiu correndo pelo matagal. - garante.

-Nunca mais vi tal criatura, também nunca mais fiz minhas caçadas, para evitar encontra esse bicho.

Depois de ler tantas histórias... é melhor repensar sobre a lenda do Lobisomem.

Fonte: José Dantas, para OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas