HISTÓRIAS DE ALPENDRE

Festa dos Mortos


Caicó 1914 - Em uma noite, um vaqueiro passava próximo a uma fazenda chamada Pé de Serra, e ouviu sons de música ao longe, viu luzes.

Cavalgando por mais de uma hora pela caatinga, não encontrou casa alguma, muito menos a festa. Quanto mais cavalgava, mais as luzes da festa ficavam distantes.

Chegou a um pequeno sítio de casebre muito simples, onde foi acolhido para passar a noite, por um velho senhor.

Perguntado se não havia alguma festa por ali, o ancião relatou que há muitos anos existia ali uma fazenda no sopé da serra. Que realizava uma festa após a colheita em anos de bom inverno e fartura. Em um ano houve uma grande festa para comemorar a bela colheita, mais houve uma briga entre duas famílias e morreram muitos dos que participaram da tal festa.

Daquele dia por diante, a fazenda foi abandonada.

Todo ano de era "4" no dia de São João tem uma grande festa, chamada de festa dos mortos. Quem passa por aqui nesse dia após meia noite, vão ver luzes, sons e gritos terríveis de socorro.

Fonte: Fernando Araújo, para OpenBrasil.org
Foto: OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas