HISTÓRIAS DE ALPENDRE

A Bruxa Devoradora de Almas


Ela caminha pela profunda e fria escuridão da noite, e atraída pelo medo e a insônia, alimenta-se da alma dos impuros.

Geralmente ataca em noite de lua-nova, na penumbra das estrelas espreita sua próxima presa.

Tem aparência esquelética, cabelos desgrenhados revolto emaranhado, unhas longas e negras, pele pálida da morte, emite um roncado baixo mas assombroso, e pertubadores olhos negros.

Ela entra no quarto sem ser vista, fica flutuando debaixo da cama, a espera do momento perfeito para agir, hora do silêncio sepulcral. Ela vertiginosamente sai do seu escoderijo, flutuando sobre a vítíma, da o beijo da “morte” em cima do motor da vida, o coração, e lentamente suga sua alma, como se fosse particulas de poeira incandescente no ar. A pobre vítima fica enerte, aterrorizada, não consegue nem falar, gritar ou reagir.

Mortes de pessoas que morreram dormindo geralmente são atribuídas a Bruxa Devoradora de Almas. Na verdade é uma das piores mortes que existe, e um momento tenebroso, a vítima vê sua vida sendo sugada lentamente, sem chance de se defender, vendo aquela criatura medonha, aterradora cara a cara.



As pessoas que conseguem escapar, ficarem vivas após o beijo da morte, quando falam, relatam grande apatia. Após o ataque, as vítimas aprensentam vários síntomas desde dos mais leves a casos extremos. São acometidas pelo sentimento de tristeza profunda, irritabilidade ou vazio. Num minuto podem chorar e, no próximo podem gritar. Algumas pessoas dias depois ao acontecido relatam não sentir nada, como se os seus corpos e mentes estivessem vazios, sem alma.

Muitos isola-se dos amigos e familiares. Deixam de atender telefonemas dos amigos, deixam de ir a encontros sociais e deixam de cumprir as suas obrigações familiares. Além disso, têm dificuldade em adormecer e em permanecer dormindo. Não têm a energia ou a motivação para tomar banho regularmente, lavar a sua roupa ou até mesmo mudar de roupa. Podem aparecer no trabalho com a mesma roupa durante vários dias seguidos.

Alguns escolhem um plano específico para obter os meios para acabar com as suas próprias vidas, nesta fase extrema, aparecem ideias suícidas. Estas pessoas precisam de ajuda imediata.

Lembre-se, dias de lua-nova, ela pode esta à lhe espreitar, com olhos famintos por almas, ela vai buscar, garantir a eternidade do seu ser continuar...Pode começar a rezar e peça para essa bruxa não lhe encontrar, debaixo da sua cama ela pode estar...Situações adversas, má sorte, você pode ter acabado de ganhar…

Fonte: Redação OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas