HISTÓRIAS DE ALPENDRE

O Burro e o Cavalo



Era uma vez, lá pras bandas do sertão do seridó,
um burro e um cavalo pela estrada de chão terra.
O cavalo alegre e satisfeito pois não carregava nada,
enquanto o pobre do burro carregava uma carga de de 120 kg de feijão.
O burro, de tanto andar, andar e andar com a carga pesada, castigado pela aquela temperatura escaldante,
mal podendo suportar o pesadíssimo fardo que tinha de carregar nas costas,
pediu ao Cavalo:
- Amigo, por favor, vamos dividir comigo a carga que mal estou suportando?
se assim eu continuar, muito em breve estarei morto.
O Cavalo respondeu com ar de desprezo:
- Com isso pouco me importo.
E continuaram o caminho.
Mas numa ladeira íngreme, o pobre burro não suportou o peso, arriou no chão com carga e tudo.
Então o dono correu assustado e viu que o burro não tinha mais força para suportar a longa viagem com a carga,
resolveu da um descanso para o burro até o fim da viagem, e transferiu para o Cavalo todos os sacos de feijão.
E foi assim que um esperto e egoísta acabou pagando um alto preço porque não foi solidário.
E ainda teve que aguentar o sorriso do burro e uma baita dor nas costas por dias.

Moral da história
(1) Cada vez que estende sua mão para ajudar ao próximo, sem que note, está na realidade ajudando a si mesmo.
(2) O verdadeiro amigo é aquele que entra sem precisar pedir, quando todos os demais se vão.
(3) Sozinhos, pouco podemos fazer; juntos, podemos fazer muito.

Fonte: Esopo, versão por OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas