HISTÓRIAS DE ALPENDRE

O Cão Raivoso



Era uma vez no tempo em que os animais falavam...

Um cachorro quando pequeno costumava atacar de surpresa e morder os calcanhares de quem encontrasse pela frente.

Então, seu dono pendurou um sino em seu pescoço, pois assim podia alertar as pessoas de sua presença, onde quer que ele estivesse.

O cachorro cresceu orgulhoso, e vaidoso do seu sino, caminhava exibindo-o pela fazenda, como se aquilo fosse um grande troféu por méritos conquistados, fato que o tornava superior aos demais.

Então, um velho e experiente cão de caça lhe disse:

"Por quê você se exibe tanto? Este sino que carrega no pescoço, acredite, não é nenhum indício de honraria, mas antes disso, uma marca de desonra. Trata-se de um alerta público para que todas as pessoas o evitem, já que, além de indesejável, é um animal traiçoeiro..."

Moral da História
(1) Engana-se quem pensa que o fato de ser notório o tornará honrado...
(2) Honra por decreto é sinal de desonra...
(3) Quem busca notoriedade a qualquer custo provavelmente é carente de Honra...

Fonte: Esopo, versão por OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas