HISTÓRIAS DE ALPENDRE

O Jumento e o Agricultor



Era uma vez no tempo em que os animais falavam...

Um Agricultor contemplava o campo, enquanto o animal de carga pastava uma verde e extensa campina, onde uma fresca brisa soprava sem parar.

De repente escuta ao longe os gritos e o ruído do cavalgar de uma tropa de soldados inimigos que se aproxima rapidamente do local onde se encontram.

Então, temendo ser capturado pelo inimigo, ele suplica ao animal para que este o carregue em seu dorso, o mais rápido que puder, para não serem aprisionados.

O Jumento então lhe pergunta: "Senhor, responda com toda sinceridade, por que eu deveria temer o inimigo? O senhor acha provável que o conquistador coloque em mim, além dos dois cestos de carga que carrego todos os dias, por exemplo quatro?"

E lhe responde de imediato, embora claramente constrangido, o agricultor: "Suponho que não, pois sequer haveria espaço..."

"Então," Justifica o animal, "contanto que eu carregue os dois cestos que já carrego, que diferença fará a qual Senhor estarei servindo?"

Moral da História
(1) Quando assume o novo governante, para o servo cativo e pobre, nada muda além do nome do seu novo senhor...
(2) Cativo rico, cativo pobre, pouco importa se ambos são prisioneiros...

Fonte: Esopo, versão por OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas