HISTÓRIAS DE ALPENDRE

O Jumento e o seu Dono



Era uma vez no tempo em que os animais falavam...

Um jovem jumento que era conduzido por seu dono descia por uma estreita trilha na encosta de uma serra muito alta no sertão, cheia de pedras, quando de repente, cismou que daquele ponto em diante deveria escolher seu próprio caminho.

Ocorre que lá do alto ele acabara de ver a fazenda onde mora no sopé da serra, e segundo seu ponto de vista, a descida mais rápida e sensata seria pelas paredes laterais do precipício.

Decidido, se joga no abismo, quando seu dono o segura pela cauda com toda sua força, tentando puxá-lo de volta para a trilha correta.

Mas o teimoso animal, decidido a dar continuidade a sua decisão, faz birra e puxa ainda com mais força.

O Jumento diz: "Eu sou o Jumento e você é o burro, não tá vendo que por aqui é muito mais perto para fazenda, deixe eu ir".

E depois de muita discussão.

"Muito bem," exclama o dono do jumento já sem forças, "se essa é a sua vontade, siga seu próprio caminho animal cabeça dura, e descubra por si mesmo aonde este irá te conduzir..."

Dito isso, soltou sua cauda, e o tolo jumento se precipitou serra abaixo.

Moral da História
(1) Embora a experiência do sábio o qualifique para servir de bom conselheiro, nem todos tenham ouvidos qualificados para compreendê-lo...
(2) Força sem inteligência só é capaz de gerar ação sem consistência...
(3) Pensar, refletir antes de agir, é o melhor remédio contra o mal.

Fonte: Esopo, versão por OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas