HISTÓRIAS DE ALPENDRE

O Leão, a Hiena e a Raposa



Era uma vez no tempo em que os animais falavam...

O Leão, a Hiena e a Raposa, que fizeram uma parceria para caçar juntos, conseguiram capturar uma grande quantidade de caça. Então ao Hiena foi logo pedido que fizesse a partilha de tudo, ela que tem péssima fama de ladra, mas querendo ganhar a confiança dos novos amigos. Com muito jeito e delicadeza ela dividiu tudo em partes iguais.

A Raposa ficou satisfeita com a divisão, mas o Leão, furioso pulou sobre ele e com um golpe certeiro de sua forte pata, o jogou inerte sobre a pilha dos animais que jaziam amontoados no chão. Então ele se voltou para a Raposa e rosnou:

"Agora é a sua vez de fazer a divisão..."

A Raposa não perdeu tempo falando. Rapidamente empilhou toda caça em apenas um grande monte para o leão. Para si mesmo, ela retirou uma pequeno coelho.

O Leão, agora bem humorado, gentilmente lhe pergunta:

"Quem te ensinou a fazer uma divisão tão justa e sensata como esta?"

"Eu aprendi a lição com a Hiena...", cautelosamente respondeu a Raposa, enquanto se afastava do local levando na boca o seu quinhão.

Significado de Quinhão
É a parte de algo que foi repartido, dividido.


Moral da História
(1) Sabedoria é ser capaz de aprender a partir do infortúnio dos outros...
(2) Algumas perdas representam ganhos...
(3) Muitas vezes, ganhar significa simplesmente sair perdendo...

Fonte: Esopo, versão por OpenBrasil.org
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Histórias de Alpendre - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas